Carpodacus novos

25 08 2012

Já se começa a distinguir os machos das fêmeas nos Carpodacus Mexicanus jovens.

Começa a surgir a coloração vermelha tanto na cabeça como no peito. A pigmentação vermelha tem de ser ajudada através da suplementação, no caso dos meus uso a cantaxantina na razão de 10g para 1kilo de papa.

Apesar de tudo, tenho um macho deste ano que já não come corante há bastante tempo, e é o que apresenta a melhor e mais avançada pigmentação, está no viveiro exterior, parece-me que a exposição solar directa também beneficia a pigmentação, só vejo essa a razão para que tal possa estar a acontecer.

Carpodacus Mexicanus no canaril interior

Carpodacus Mexicanus na voadeira exterior

A idade do passaro tambem tem relação na maior evolução da pigmentação da ave da segunda foto, pois é um jovem das primeiras ninhadas deste ano, mas isso não justifica tudo pois tenho outros machos com a mesma idade, e bem menos pigmentados que esta ave.

Esta ave não está a ser preparada para as exposições porque o pai quase que o matou, danificando-lhe o bico.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: