Morte das crias

4 05 2011

Na natureza existe a selecção natural, em que apenas os mais fortes sobrevivem.

Nos nossos canaris conseguimos alterar essa lei da sobrevivência numa percentagem bastante elevada, mas sempre existe baixas, por este ou por aquele factor.

Já deixei de alimentar as crias à seringa, na minha óptica é tempo perdido, porque vão ser sempre pássaros fracos, é preferível nestes casos deixar seguir o natural curso da vida, se tiverem que morrer que morram.

Por vezes o excesso de crias no ninho, o facto de terem já nascido doentes, ou terem caído do ninho, podem ser factores para que comecem a ser mal alimentados e resultando o enfraquecimento. Podemos sempre tentar administrar algum produto, ou noutros caso, trocar para um ninho com menos passaritos, o que eu não gosto muito de fazer, pois em caso do passarito estar doente, pode contagiar os outros. É preferível perder um do que perder três ou quatro.

Algumas fêmeas por vezes dão nos a sensação de alimentar mal, será que são elas que são inexperientes ou más mães? Muitas vezes não é disso que se trata, são as crias que estão enfermas e vão pedindo cada vez menos alimento. É preciso estar atento a estas situações, e nestes casos proceder a algum tratamento para que caso não se consiga salvar esta ninhada, a próxima já nasça saudável. Aconteceu-me por exemplo uma fêmea que já criou nos anos anteriores, tento criado perfeitamente as suas crias, este ano ter andado a alimentar pouco as crias, foi um caso em que não fiz o tratamento normal de preparação. É fundamental fazer o tratamento de preparação para  a criação para que a percentagem de perdas seja realmente baixa.

Tal como na natureza, na maioria dos casos das crias caídas nos fundos das gaiolas, deve-se ao facto da progenitora perceber que a cria está doente, e por instinto deita fora para tentar salvar as outras do contagio, mas noutros casos, são os próprios irmãos, ninhos pequenos e muito cheios que os faz cair, é importante saber distinguir e observar o interior dos ninhos. Observar sempre se os ninhos estão sujos no interior com diarreia, e as fêmeas “suadas”, é indicativo de problema.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: